Seguidores

Pronto para limpar até as arestas mais difíceis!

Pronto para limpar até as arestas mais difíceis!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

O AMOR (texto para estudo)

O homem se distingue dos animais não só pela capacidade de raciocinar e criar, mas também por outra característica: a capacidade de amar.


QUE É AMAR? 

Talvez você nunca tenha feito essa pergunta: que é amar? No entanto, nada é mais importante que isso. Amar é tão essencial quanto viver. Amar é se preocupar e cuidar da pessoa amada. É sentir-se responsável por ela. Quem ama responde ou seja, está sempre presente para socorrer o(a) amado(a). Frequentemente, ou infeliz mente o "eu te amo" quer dizer "eu te desejo", "eu te quero apenas como objeto do meu prazer". 

A ARTE DE AMAR. 

Poucas pessoas no mundo sabem o que você vai ler agora: amar é uma arte. Por isso tem que ser aprendida e praticada como qualquer outra arte. Se você quiser ser músico, deverá estudar e praticar música. Do mesmo modo, se desejar amar verdadeiramente, terá de aprender e exercitar a arte de amar. Existem muitos livros de auto-ajuda que ensinam você a melhor maneira de amar. Mas se não se lançar também na prática do amor e não estiver disposto a sofrer, chorar, sorrir, perder e ganhar, você nunca irá aprender a amar. E arriscar é pôr em prática essa arte. 

O AMOR FRATERNO

Fraterno vem de frater, que em latim quer dizer irmão, e esse amor origina-se do fato de sermos totalmente iguais. 

AMOR-PRÓPRIO E EGOÍSMO.

Muita gente confunde amor-próprio com egoísmo. Qual a diferença? 

Amor-próprio é o amor a  mesmo. Jesus Cristo recomenda o amor-próprio quando diz: "Ama teu próximo como a ti mesmo." Isso significa que o amor-próprio é o ponto de partida para o amor fraterno. Se você for incapaz de amar a si próprio, também não conseguirá amar os outros.

egoísmo é um falso amor-próprio. Tem-se a impressão de que o egoísta se ama demais. Na verdade ama-se muito pouco. Mas o egoísmo não surge espontaneamente. As pessoas não nascem egoístas. Se alguém disser que fulano, sicrano ou beltrano é "egoísta igual ao(à) pai (mãe)", não acredite! O egoísmo é fruto de uma civilização que não favorece a prática do amor, não estimula ninguém a amar, mas a competir, ser esperto, passar os outros para trás, levar vantagem, acumular bens materiais, consumir, ter prazer sozinho e até (coisa que estamos nos acostumando a ver infelizmente) matar pessoas. 

É POSSÍVEL AMAR UMA SÓ PESSOA? 

"Eu só amo você no mundo!" Se você ouviu isso de alguém, não acredite, pois amar é uma capacidade que uma vez adquirida não exclui ninguém. Se seu namorado ou namorada aprendeu a amar, ele(a) não ama somente você. Ama você como parceiro(a), ama os pais dele(a) como filho(a), ama os(as) colegas como amigo(a) e ama até os inimigos, pois aprendeu a amar ao próximo como a si mesmo. Mas se ele(a) não aprendeu a amar, não ama nem a você, mesmo repetindo mil vezes "eu te amo". Quem não pratica o amor fraterno, não será bom(oa) parceiro(a) no namoro ou no casamento. 

DUAS ILUSÕES SOBRE O AMOR:

1 - A PESSOA "CERTA"

Os que não entendem nada da arte de amar acham que amar é fácil. Difícil é achar a pessoa "certa". Essas pessoas passam a vida inteira pulando de relacionamento em relacionamento, esquecendo que não existem pessoas perfeitas e muito menos, aquelas dos nossos sonhos. Todo mundo tem defeitos e qualidades. Porém a vida vazia e consumista que a sociedade oferece para nós todos os dias, faz com que a grande maioria idealize uma pessoa perfeita em suas mentes. Eles passam então a buscar essa pessoa. No final descobrem que essa idealização é, na verdade, uma cópia egoísta deles mesmos. Mas quando acordam para isso, a vida já passou ou está chegando ao fim. 

2 - O "CAIR" ENAMORADO - Vocês que são adolescentes e pré-jovens, não cometam este erro: não pense que ama uma pessoa só porque está sentindo paixão por ela. Paixão é algo físico, superficial e termina com a mesma rapidez que começa. O "cair" enamorado não é garantia nenhuma de amor. Este você demonstrará quando estiver vivendo o dia-a-dia com a pessoa amada. Se paixão fosse amor, seria muito fácil amar. 

Para encerrar este texto, deixo-vos aqui uma mensagem: lancem-se; mergulhem cada vez mais a fundo nesse sentimento que é o amor. Mas saibam que esse Oceano é tortuoso. Irão se ferir, se machucar e até ficar decepcionados com alguns relacionamentos. Mas no final olharão para trás e verão o quanto cresceram e amadureceram. Não desejo sorte, pois sorte é para os despreparados. Desejo sucesso. Nos vemos no final desta vida, ou início da outra.

10 comentários:

  1. Eeeeeeeeeeeeeeeeehhhhhhhhh.
    Cheguei primeiro.kkkkkkkkkkk
    Seu Silva que texto lindo. Mas vou descordar em uma parte, os animais são capazes de amar e muito mais capazes do que os seres humanos. Você já assistiu o filme "Sempre ao Seu Lado"? Já teve um cachorro?
    Animais amam e perdoam verdadeiramente, diferente dos seres humanos que falam "eu te amo", "eu perdoo" ou ainda "me perdoe, estou arrependido" da boca para fora.

    Hoje sou eu que digo que tem postagem nova lá no meu blog.
    Você está convidado a passar lá, quando tiver um tempinho.
    Uma ótima semana para você.

    http://olhareseleituras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. gostei muito do seu blog, tou te seguindo se me seguir de volta ficarei feliz :)

    http://blogtatudodominado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Primeiro, agradeço a visita e o comentário no meu blog, e a lembrança ao grande humorista, sambista e claro, mangueirense, Mussum. Com o título de "Forévis", fiz uma homenagem a ele no meu blog num texto esse ano, em fevereiro.
    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/2011/02/forevis.html

    E quanto ao seu post, como é bom ver alguém falar de amor, sem ser aquele amor de casal feliz. Como vc bem disse, amar é uma arte, e ser um artista nesse caso é tão simples, que para muitos torna-se algo complicado!

    Abração

    ResponderExcluir
  4. Zelador, acho que amar (comentando aqui mais no sentido de ter outra pessoa) é um balanço de identificação, encanto e complemento. Todo o resto me parece adequações a esse tripé. Abs!

    ResponderExcluir
  5. Hó o amor... Definições de amor... Depende do ponto de vista de cada ponto! O mais legal é que as pessoas usam-se corações para falar de amor, além de usar o desenho de um cérebro :)

    Seguindo querido :)

    Se puder retribuir, ficarei grata!


    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. E ai Zelador, tás romântico hein? Muito legal esse texto, profundo, inspirador, muito bem escrito. Uma das definições de amor que curto muito está lá em 1 Corintios cap. 13, até o Renato Russo usou em uma música sua no disco as 4 estações.

    A base de tudo tem que ser o amor, sem ele as relações se tornam vazias, superficiais e sem sentido.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Discertou com propriedade a essência e as qualidades do amor. Por isso devo parabeniza-lo, não só por pensar sobre sentimentos ou as coisas simples da vida, mas para compartilhar conosco. Parabens.

    ResponderExcluir
  8. O amor é a busca mais universal e inconstante do ser humano. A necessidade deste sentimento é que guiou as sociedades, a proximidade, o desejo de compartilhar-se com outrem.
    Muito bem dissertado, parabéns!

    ;D

    ResponderExcluir
  9. se a palavra amar, em si, já é complicada, imagine senti-la!

    abraços

    http://manuscritoperdido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Adorei suas explicações científicas sobre amor...rsrsrs. Ta me saindo um especialista hein?
    Concordo com vc, principalmente no que tange ao termos capacidade de amar várias pessoas. Sim sim... e não só pais e etc. Neste caso seria melhor dizer que podemos amar alguem e sentir atração por outra! Mas isso é pano pra manga de outra postagem....rsrs

    Passa lá, tem postagem nova!
    BeijO*-*
    http://evesimplesassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Caro leitor: se você se identificou com o texto, comente-o. Seu comentário também anima o meu dia-a-dia de assalariado.