Seguidores

Pronto para limpar até as arestas mais difíceis!

Pronto para limpar até as arestas mais difíceis!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

LIMPANDO JAULAS, FUNCIONÁRIOS OCIOSOS E O LADO MAQUIAVÉLICO FEMININO.

Hoje eu posso falar abertamente para quem quiser ouvir: eu não limpo banheiros. Eu limpo jaulas! Não... Não estou ironizando nada não, é a pura verdade. Eu não limpo banheiro que crianças usam, porque aquilo eu não consideraria como crianças. Aquilo são projetos de animais, e são mesmo. Porque quanto mais encontram os banheiros limpos, mais sujam. Se eu contar nos dedos os dias em que a limpeza dos banheiros foi light, de quando eu comecei a trabalhar como funcionário público, eu conto uns seis a sete dias em sete meses.

É merda no chão, é urina no chão, é fralda descartável (as adolescentes levam seus filhos pra escola), é absorvente no chão, é resto de comida no chão dos banheiros, é todo o tipo de sujeira que eu encontro. E parece que eles são viciados em deixar os banheiros imundos, porque todo dia é uma novidade diferente.
Todos os dias eu encontro os banheiros assim...
... e deixo eles assim.

E pra piorar, estou com algumas manchas e erupções na pele, que acredito serem causadas pelo contato com a água suja dos banheiros. Porque infelizmente, a escola é rica de material de limpeza, mas pobre de material de segurança. A secretaria de educação daqui da escola não envia o material de segurança básico: galochas, luvas e máscaras. Temos que infelizmente entrar em contato direto com a sujeira, principalmente eu, que limpo os banheiros todos os dias.. E isso é um risco muito grande que eu corro, pois não sei o que existe dentro do corpo daqueles "futuros da nação".

E não pára por aí. Além de limpar banheiros, atualmente sou eu quem faz o serviço pesado da escola, que é o de carregar caixas de merenda, caixas de produtos de limpeza do almoxarifado e limpar a dispensa. O outro zelador, Wil, sempre dá uma desculpa para não fazer esse tipo de serviço, e se mete dentro da cozinha,  dando uma de merendeiro, junto com Elenilde, que é a merendeira oficial da escola. A única por sinal, já que os outros turnos não possuem merendeiros e os zeladores tem que desviar sua função para fazer merenda para os demais alunos.
Eita ferro. Quem se lasca sou eu  naquela escola.
Mas o bom é que a diretora Nelma reconhece isso, e quando eu falto, ela releva as minhas faltas no trabalho, porque sinceramente... Seu Ailton é um homem cinquentão, tem mais de cinquenta e está quase aposentado, Só sobra eu e Wil, que é bem mais novo do que eu, para fazer o serviço pesado. E justamente ele, que deveria ser o mais ativo da escola, é o que menos serviço pega, porque até mesmo quando ele está varrendo as salas, Elenilde assim que chega, pega uma vassoura e vai ajudar Wil a limpar as salas. Coisa que ela não faz pra mim. Eu nunca a vi pegar um rodo e me ajudando na limpeza dos banheiros. O que aliás, começou a se sucederem muitos fatos estranhos, desde que a mesma se separou do marido...
Ela começou a se aproximar de Wil, e começou a fazer a cabeça dele. Não sei o que ela viva conversando com ele quando estavam dentro da cozinha. Mas o fato é que quando a conheci, no começo do ano, ela estava a um mês separada. Depois de seis meses, Wil, que era casado a mais de um ano e tem uma filha, também se separou. E desde quando ele se separou, que os dois vivem com um chamego dentro da escola. Essa aproximação começou a ser notada primeiro pelos professores, depois pela diretora e mais recente pelos alunos. E quando o povo fala, só existem três hipóteses a serem dadas: ou foi, ou é ou está pra ser.

Não quero julgar ninguém, pois pra mim cada cabeça é uma sentença. Mas eu já ,percebi que por trás daquele sorriso inocente se esconde uma  mulher maquiavélica e manipuladora. Ela se afastou de mim, porque não sou fácil de se lidar. Tenho opiniões extremamente fortes e não sou de me deixar envolver por causa de um sorrisinho bonito, ou uma bunda gostosa. E ela já entendeu o meu recado: se vacilar é créu na velocidade 5. Por isso ela não colou muito em mim. Ela prefere parasitar mentes mais fáceis de manipular do que mentes perigosas. E minha mente é uma dessas, pois minha mãe, mesmo sem ter concluído o ensino fundamental, me deu algo que dinheiro nenhum no mundo consegue comprar, que foi o acesso ao conhecimento.

E conhecimento em excesso liberta a mente, e separa você da massa. E você então se torna parte de um grupo perigoso para os poderosos: você se torna parte do povo. E o povo pensa, reclama da sua fatia do bolo e exige seus direitos, enquanto a massa se ilude com migalhas. Abraços a todos.

12 comentários:

  1. Bicho, tua vida ai na escola não é fácil, e esses alunos são uns verdadeiros animais, nem parece gente, mas toda escola pública é assim. Em relação a esse teu colega de trabalho é o tipo de cara que gosta de uma moleza, leva a vida ai na maciota, encontra as brechas e tenta se safar do trampo pesado, malandro esse cara. E em relação a essa mulher ai, te cuida, fica esperto pq tem mulher pra tudo, sem querer julgá-la.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  2. que trabalhão que vc faz nos banheiros em !

    ResponderExcluir
  3. Adorei o trabalho feito nesse banheiro !
    Isso é um sinal de que há esperança de um dia não termos mais que usar os pés para abrir a tampa do vaso e encontrar um ''tijolo'' lá. >D

    www.tutorinatos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. NOVO VISUAL DO BLOG. FICOU SHOW. E QUE DUREZA ESSA SUA VIDA HEIN? MAS É ASSIM MESMO. ENCARE COMO ALGO TEMPORÁRIO.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do novo visual...
    e adorei o texto principalmente o ultimo paragrafo
    concordo...
    http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. E Seu Silva, melhor fazer outro concurso, procurar outro trabalho... Você precisa dar prioridade a sua saúde, se você não cuidar de você, quem irá fazer isso? E infelizmente, só irão te dar valor de verdade, quando você estiver trabalhando em outro lugar. Até lá é só exploração.
    Abraços.
    http://olhareseleituras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Essa escola é o verdadeiro retrato do Brasil em poucos metros quadrados ... mau caratismo , badernas , libertinagen e tudo mais ...

    ResponderExcluir
  8. Olaa adorei seu bloog e to seguindo se puder retribuir aqui meu bloog !!

    http://tudodanetparavoceaqui.blogspot.com/

    Se puder voota top 50 !

    ResponderExcluir
  9. Vamo lá velhão.

    Pra funcionario publico vc até que trabalha..kkk brincadeira. Se vc acha que eles tem um caso, o lance é vc expor isso e confirmar as suspeitas do povo. Tendo um relacionamento, eles se enfraquecem e sua influencia na escola aumenta. Se aproxime da diretora que tolera suas faltas e faça dela uma aliada, aproxime-se tambem dos professores mais influentes,e tente descobrir quem são os pais mais fofoqueiros da escola, e deixe os filhos deles saberem, sem vc dizer logico. Veja se tem alguma ong na sua escola,e coloque em pauta o serviço do banheiro e os materiais que faltam. A apm tem de ajudar tambem.

    Obrigado pela mensagem positiva de apoio, tenho certeza que sua mensagem teve efeitos poderosos em minha recuperação.

    Um abraço e fica com Deus meu amigo de blogosfera !

    ResponderExcluir
  10. Oi Seu Silva, tem um desafio para você lá no meu blog.
    Abração.
    http://olhareseleituras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Caro leitor: se você se identificou com o texto, comente-o. Seu comentário também anima o meu dia-a-dia de assalariado.